13/maio/2016

Fadex e Uespi estudam firmar parceria

Com o objetivo de realizar parcerias com outras instituições públicas de ensino superior, o superintendente da Fundação Cultural e de Fomento à Pesquisa, Ensino e Extensão (Fadex), Prof. Dr. Lívio Cunha juntamente com sua equipe, a diretora Dóris Carvalho e o assessor da superintendência prof. Vinícius Oliveira, visitou a reitoria da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), nesta quarta-feira (11). Na oportunidade, o superintendente foi recebido pelo reitor da instituição, Prof. Dr. Nouga Cardoso; pela vice-reitora, Profa. Dra. Bárbara Melo; e pelo pró-reitor de administração Geraldo Eduardo.

Durante o encontro, os professores discutiram a possibilidade de formalizar um convênio, por meio de um acordo institucional de cooperação entre a Fadex e a Uespi, visto que a universidade estadual não possui uma fundação de apoio.

img5

De acordo com o superintendente da Fadex, a intenção, ao visitar a universidade estadual, é fortalecer as parcerias pontuais num acordo maior no qual a Uespi possa usufruir dos serviços da Fadex na condução de seus projetos. “A Uespi tem um perfil semelhante ao da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Os editais e os órgãos de fomento das duas universidades são praticamente os mesmos. Visto que a Fadex já possui o know how com os projetos da UFPI, a expectativa é poder usar essa expertise para auxiliar a Uespi e, assim, captar mais recursos para o Piauí”, explicou Lívio Nunes.

A expectativa é ter uma fundação atuante em prol das instituições de ensino superior públicas do estado do Piauí. “A Uespi está deixando de ganhar oportunidades por falta de uma fundação e a nossa já trabalha há mais 10 anos com os projetos da UFPI, sempre primando pela legalidade dos processos, de forma que não temos pendências judiciais e somos totalmente livres para realizar essas parcerias”, explicou Lívio Nunes.

O reitor da universidade estadual, Prof. Nouga Cardoso, se mostrou entusiasmado diante da possibilidade de ter a Fadex como apoiadora também da Uespi, visto que a experiência e conhecimento  apresentados pela fundação na gestão de recursos financeiros e na prestação de contas auxilia os docentes na execução de projetos e pesquisas. “A parceria com a Fadex será bem-vinda. Considerando que muitos professores que pretendem concorrer à editais de financiamento e por vezes encontram dificuldades na execução orçamentária do objeto contratado, no edital de fomento, por não possuírem o know how de trabalhar com importação de equipamentos ou ainda encontrarem dificuldades em fazer as prestações de contas”, declarou o reitor da Universidade Estadual do Piauí.

Nouga Cardoso ressaltou que ter uma fundação de apoio com as ferramentas de trabalho que a Fadex possui apressa significativamente os trabalhos de contratação, entrega e uso de equipamentos, especialmente os provenientes de importações, além de desobrigar os professores/pesquisadores de mais esta preocupação durante a execução dos projetos. “Com o apoio da fundação, o docente terá mais tempo para se dedicar às pesquisas e projetos”, enfatizou.

Livio Cunha informou que a Uespi deu carta branca para que seja redigido um acordo de cooperação com a Fadex. “Vamos tentar a mesma parceria com o Instituto Federal do Piauí (IFPI) em uma reunião agendada para a próxima semana”, adiantou o superintendente.

Share on Facebook0